20/01/2014

Nossa rotina

Antes de começar a falar sobre nossa rotina queria pedir sugestões de posts para vocês. Já tenho várias ideias na minha cabeça, coisas bem legais que acho que vocês vão gostar mesmo. Como vocês sabem, eu nunca fui fascinada no mundo casamentício, tanto que criei o blog pra poder aprender mais. Amei de paixão minha fase de noiva e sinto MUITA falta dos planejamentos e inspirações, mas não pretendo falar muito mais sobre isso aqui no blog. Só quando eu ver algo muito legal, bem novidade mesmo, que possa interessar a vocês. Sendo assim, pretendo também mudar o nome do blog, dando um foco nos temas que quero tratar agora: Rotina de recém-casados, dicas de casa, receitas, organização e mais ideias que tenho...Porém fico com uma dúvida: Se mudar o nome do blog, incluindo o link, visto que o blogspot dá essa opção, vou perder muitos seguidores? Quem souber me ajudar, agradeço, rs



Bom, vamos ao tema:

Todo mundo sempre fala que só conhecemos nosso marido depois que passamos a viver juntos...E eu sempre respondia que nós não teríamos surpresas, pois foram oito anos e meio de namoro sendo que passávamos os finais de semana grudados, quase não saíamos, então conhecíamos todas as manias um do outro, tínhamos intimidade (ficávamos em casa de pijama, roupa velha, sem maquiagem e etc) e por aí vai...Todos insistiam que ainda assim teríamos surpresas...
Mas hoje posso falar que eu estava certa. Não estamos e nem tivemos "fase de adaptação". Para nós foi tudo muito simples e natural, afinal sempre fomos nós mesmos um com o outro.

Organização
Nos primeiros dias o Douglas tinha a mania de chegar arrumando tudo, deixar tudo impecável, mas eu sabia que não duraria muito, rs. Afinal ele estava de férias e quando voltasse ao trabalho não teria pique para tanto.
Não estou dizendo que nossa casa é uma bagunça, pelo contrário. É bem arrumadinha e limpa, mas uma casa de pessoas que passam o dia todo fora trabalhando sempre tem um par de sapatos fora do armário, uma chave no lugar errado e um pano de prato sobre a pia. Isso é natural e faz até bem. Se ficarmos desesperados pela perfeição na organização, nossa mente pifa.
Então hoje nossa casa é bem organizada, mas com cara de que pessoas vivem sim naquele ambiente.

Desde o começo falei que queria uma faxineira, porque acho super injusto nós dois passarmos a semana toda trabalhando e no sábado ficar o dia todo limpando a casa. Nas duas primeiras semanas, que eram as últimas semanas do ano, a faxineira não podia começar pois ia viajar, então eu e o Douglas cuidamos da casa aos sábados. E isso nos esgotava muito! Era o sábado todo limpando e almoçávamos quase no horário de jantar. Isso porque ele me ajudava. Então desde a primeira semana de janeiro temos faxineira. E isso é uma maravilha!
Ela vem uma vez por semana e a casa permanece limpa o resto dos dias. Quando dá um vento muito forte ou vamos receber visita acabamos passando um aspirador para tirar a sujeirinha nova, mas só...Quem puder eu aconselho. É essencial para a vida de um casal feliz, rs...Sei que não é tão em conta ter uma faxineira, mas abri mão de algumas coisas para poder ter uma



Sendo assim durante a semana não sobram muitas atividades de casa para fazermos. De manhã não faço nada antes de ir para o trabalho. Quando chego em casa, uma ou duas vezes por semana eu coloco a roupa na máquina. Isso depende de quanta roupa suja tem e do que estamos precisando usar naqueles dias.
Como o Douglas tem uniforme no trabalho e dá só para uma semana, eu preciso ficar de olho em quantas camisas ele ainda tem no guarda-roupa pra providenciar a lavagem e passar. A faxineira passa roupa a cada duas semanas, então para mim só sobram as camisas mesmo.
Geralmente eu coloco a roupa na máquina e peço pro Douglas estender ou tirar, ou então ele coloca a outra remessa...Por aí vai.

Comida, como disse no post anterior, é responsabilidade dele, rs...Como estamos tentando melhorar nossa alimentação, temos feito bastante salada, mas eu não consigo abandonar meu amado feijão e arroz...E ele aprendeu a fazer um feijão maravilhoooso que desafia até o da mãe e da sogra! A única coisa que preciso fazer é lembrá-lo de tirar carne pra descongelar pro dia seguinte...Depois da janta eu coloco a louça na máquina e lavo o que sobrou...Dificilmente fica algo pro outro dia. Se fica é só uma panela, coisa simples.

E passamos o resto da noite nos curtindo e curtindo nossa casinha. Eu geralmente estou ou lendo, ou jogando videogame, ou no computador, ou assistindo Friends, rs...Como minha bateria faz um pouco de barulho, deixo para tocar mais no final de semana ou quando chego em casa mais cedo...
Já ele está sempre jogando videogame ou tocando guitarra.

É uma rotina leve, sem muitos serviços de casa e com muito tempo para descansarmos e fazermos as coisas que gostamos...
Com organização e um marido que ajude, fica fácil cuidar de casa...Mesmo se não puder ter faxineira, basta se organizar.

Beijos,
Mari

7 comentários:

  1. Oi Mari, saudades mocinha...

    Vida de casados é bom né? eu acho engraçado quando meu marido ficava com noia de arrumar a casa pra mim kkkkkkkkk como vc disse foi passageiro! Claro que ele ainda me ajuda, graças a Deus, agente dá aquela faxinha só de 15 em 15 dias mesmo, nosso apê é pequeno então agente arruma rapidinho!

    O melhor de td que eu gosto é quando dá sexta-feira, é a noite da pipoca... amo demais!!! rsrsrs, é bom fazer esses programinhas à dois né! rsrsr

    bjos lindona!!

    ResponderExcluir
  2. Kkkkkkkkkk Mari amei vc contar tudo isso.. Olha, o Eliseu será igualzinho o Douglas, só jogando vídeo game e tocando violão rsrsrs
    Agora eu não tenho certeza se vc mudar o link acho que temos que te seguir novamente, mas se for só o nome não.

    Beijokas linda.

    http://chegouaminhavezdecasar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post flor, adoro ouvir as experiências das casadinhas, acho tão legal. Comentei com o noivo sobre a faxineira, se der vou querer ter sim, porque penso como vc, não quero passar os dias de folga dentro de casa fzd faxina rsrsrs. Vamos ver se da neh.

    Bjos

    http://comprandonossoape.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi!!!
    Tudo bom, Mar?!!! Vc tá muito sumida, apareça mais vezes... Flor, adorei o seu relato. Acho que todas nós passaremos exatamente pelo o que vc passou, ou iremos passar com certeza por alguma dessas situações que vc citou. Assim como vc, tb namoro faz 08 anos e meio. E sei que quando formos morar no mesmo teto teremos de nos adaptar, rss. Muitas vezes fico pensando como será e com medo de não dar certo, rss. Mas não tem jeito, pra saber, tem que experimentar a vida de casado. Ahhh o meu noivo tb ama um games. Ele vive fazendo campeonato na casa dos amigos, rss. Homens....
    Bjs,
    Vania

    ResponderExcluir
  5. Adorando o novo rumo do seu blog... vc disse tudo com um marido que ajude... hahahahha jesuss que meu marido leia isso em nome de Jesus amém! rsrsrsrs
    Complicado viu, eu tento, mas é mto dificil manter um ape sozinha trabalhando fora... brabo... e ainda estamos apertados de grana, aiii era tão bom ter uma faxineira.... a gente tinha de 15 em 15... era tudo de bom! rsrsrsrs

    bjs

    fernandamouta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Amei o blog, eu também casei faz pouco tempo, e eu e meu marido temos ideias parecidas com as suas, no nosso casamento convidamos só pessoas que amamos, coloquei um rock de trilha sonora sem se preocupar com que os outros iam falar, me casei com um sapato preto lindo, haha e hoje depois de casados nossa rotina tbm eh jogos e assistir series, por isso nuss super amei esse blog rsrs parabens pelo casamento

    ResponderExcluir
  7. Amei seu post Mari, fiquei me imaginando na sua historia. A vida de casados deve ser uma delícia mesmo. Se você mudar o endereço do blog seus seguidores não conseguem te acompanhar mais, eu ia mudar mas acabei desistindo. Mas o titulo dá para mudar sem problemas...

    Beijos !

    Vivendo meu Sonho

    ResponderExcluir

 
Casando Sem Regras ©Template por 187 tons de frio. Resources: Deeply // Ava7